Home Data de criação : 07/08/04 Última atualização : 13/05/21 14:39 / 97 Artigos publicados

ÚLTIMA FLOR DO LÁCIO -Olavo Bilac.  escrito em sábado 19 julho 2008 15:04

Blog de poesiasselecionadas :POESIAS SELECIONADAS, ÚLTIMA FLOR DO LÁCIO -Olavo Bilac.

    Obra de Arte: ENSEADA DE BOTAFOGO - Nicéas Romeo Zanchett  

----     

      ORIGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA

   Este é o lindo soneto de Olavo Bilac, no qual o poeta , alem de se referir à origem latina do nosso idioma, descobre nele uma estrutura antitética  de rudeza e beleza; de força, vigor, ternura e doçura saudosas.

ULTIMA FLOR DO LÁCIO - por Olavo Bilac        

Última flor do Lácio, inculta e bela,

És, a um tempo, esplendor e sepultura;

Ouro nativo, que na ganga impura

A bruta mina entre os cascalhos vela...

-

Amo-te assim, desconhecida e obscura,

Tuba de alto clangor, lira singela,

Que tens o trom e o silvo da procela

E o arrolo da saudade e da ternura!

-

Amo o teu viço agreste e o teu aroma

De virgens selvas e de oceano largo!

Amo-te, ó rude e doloroso idioma,

-

Em que da voz materna ouvi: "Meu filho!"

E em que Camões chorou, no exílio amargo,

O gênio sem ventura e o amor sem brilho!

-

Postado por Nicéas Romeo Zanchett - artista plástico

http://www.artmajeur.com/niceasromeozanchett

http://pintoresdorio.com

http://www.maerz.com.br

http://amulhereaarte.arteblog.com.br

Compartilhar
1 Fan

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (23.20.211.153) para se identificar     

Nenhum comentário
ÚLTIMA FLOR DO LÁCIO -Olavo Bilac.


Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para poesiasselecionadas

Precisa estar conectado para adicionar poesiasselecionadas para os seus amigos

 
Criar um blog